4 vulnerabilidades comuns nas multifuncionais para você corrigir agora

4 minutos para ler

As impressoras multifuncionais se tornaram equipamentos fundamentais nas empresas, pois, além de fornecerem uma maneira mais eficiente de gerenciar as tarefas administrativas, também ajudam a melhorar os níveis de produtividade em vários departamentos.

No entanto, equipamentos em rede, como as impressoras multifuncionais podem apresentar riscos perigosos de segurança cibernética, caso não sejam tomadas as precauções. Portanto, neste artigo iremos falar sobre quatro vulnerabilidades comuns que você deve corrigir nas impressoras da sua empresa hoje.

1. Não restringir o acesso remoto às multifuncionais

A maioria das empresas investe em uma impressora multifuncional pela conveniência que ela oferece, especialmente quando conectada a uma rede. Se os funcionários se conectam localmente aos serviços ou fazem o trabalho remotamente, as multifuncionais permitem que os usuários acessem os recursos de suas MFPs, independentemente de onde se conectarem.

Mas, se os recursos de acesso remoto forem deixados irrestritos, ele pode estar vulnerável a ameaças cibernéticas de fora da empresa. O uso de um firewall de rede pode ajudar a bloquear que terceiros anônimos e perigosos de acessar seus equipamentos conectados.

Configurar seu roteador para aceitar conexões confiáveis de dispositivos e restringir endereços IP de foram da sua localização geográfica são outras alternativas para proteger-se quando algum usuário tentar se conectar remotamente.

2. Falhas na Segurança administrativa

Assim como os computadores e dispositivos inteligentes, as impressoras multifuncionais possuem precauções de segurança integradas em seus painéis administrativos.

Infelizmente, muitas empresas se recusam a proteger suas impressoras por senha devido à inconveniência que isso causar aos usuários e administradores, porém, isso pode acarretar vários problemas de segurança e comprometer outros dispositivos conectados também.

Uma das maneiras mais fáceis de proteger sua impressora multifuncional é alterando a senha padrão pelo painel de controle administrativo. Isso geralmente pode ser feito através da própria impressora ou através de um navegador (assim como o Chrome) conectado à sua rede.

3. Transmissões de dados não criptografados

É importante lembrar que sempre que você envia um e-mail ou realiza uma impressão remota através da multifuncional conectada, as transmissões de dados estão sendo enviadas e recebidas pelo equipamento. Se essas transmissões forem interceptadas por fontes desconhecidas, elas poderão ser roubadas ou comprometidas.

A instalação de soluções de software para criptografar transmissões de rede em seu escritório, mantém seus dados seguros no caso de uma violação de segurança. Caso a Segurança dos Dados seja comprometida, os arquivos criptografados serão inúteis para os hackers e manterão as informações da empresa privadas.

4. Não armazenar os documentos de forma segura

Todas as impressoras multifuncionais têm certos níveis de capacidade de armazenamento interno, seja usando a funcionalidade de impressão ou fax, os arquivos temporários de trabalhos concluídos podem ser salvos na memória interna do equipamento para uso posterior. Se essas configurações padrão não forem alteradas, qualquer pessoa que tenha acesso ao seu equipamento, poderá acessar os documentos confidencias ali armazenados.

Portanto, é imprescindível que antes de vender ou descartar impressoras antigas, que todo o armazenamento interno seja apagado do armazenamento interno. A maioria das impressoras oferece a capacidade de formatar o armazenamento interno por meio do painel administrativo. Caso não seja feito, é importante remover qualquer mídia de armazenamento interno antes de se livrar do equipamento, isso garantirá que ninguém de fora da sua organização possa acessar seus dados.

As multifuncionais em rede apresentam riscos de segurança se não forem tomadas as devidas precauções para se manter protegido. Com essas dicas você pode garantir que seus dados permaneçam seguros.

Outra sugestão de segurança, é contar com a solução ECM que tem o objetivo de melhorar a segurança e o Compliance da organização. Além de se ter uma boa gestão de impressão com pouco trabalho e de forma rápida e eficaz. Ou seja, a solução ajuda a organizar e manter de forma segura todo o conteúdo confidencial, determinando quem poderá ter acesso, quando e de que forma.

Se você gostou desse artigo, leia o nosso conteúdo sobre Lei Geral de Proteção de Dados e entenda de forma mais aprofundada a importância de manter as informações seguras.

Posts relacionados

Deixe um comentário