28 melhores ideias para ganhar dinheiro em casa

15 minutos para ler

O modelo de negócio em home office tem sido uma forte fonte de renda, e não é adotado somente por quem tem perfil empreendedor, mas também por funcionários que buscam uma renda extra. Ganhar dinheiro em casa já é uma realidade, não somente para pessoas, mas também para empresas, que já atuam de maneira totalmente remota!

De acordo com a pesquisa feita pela empresa MindMiners, cerca de 66% da população brasileira deseja empreender e ter sua liberdade financeira. O problema é que a maioria só possui tempo para trabalhar meio período e não consegue investir em uma empresa.

Por isso que a pergunta mais comum de quem está procurando uma forma de aumentar a renda é: como ganhar dinheiro em casa?

Pensando em ajudar você nessa decisão, selecionamos aqui as 28 ideias para você começar empreender ainda neste ano, com um baixo investimento, resultados recorrentes e sem sair de casa.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura.

1. Trabalhe com marmitex

Cozinhar deixou de ser apenas uma tarefa no cotidiano de algumas pessoas e se tornou uma boa estratégia para começar a ganhar dinheiro em casa. Se você tem interesse em trabalhar com esse segmento, é importante estar atento as regras de higiene estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Inclusive, para que você tenha um direcionamento sobre por onde começar, veja abaixo os tópicos que vão auxiliar seus próximos passos:

  • Faça um planejamento e a definição do seu plano de negócio;
  • Analise a concorrência no local em que vai trabalhar;
  • Busque um diferencial competitivo;
  • Crie um cardápio;
  • Estabeleça um padrão de atendimento;
  • Divulgue seu trabalho de forma online e offiline.

2. Seja um revendedor de cosméticos

Você já comprou algo que foi oferecido na sua própria casa? Essa é uma das maneiras mais comuns de oferecer um produto e podemos colocar como referência os revendedores(as) da Avon, Natura e Mary Kay. Para esse tipo de negócio, não é necessário ter experiência, apenas conhecimento sobre os produtos, para que eles servem e quais serão os benefícios para quem irá usar.

2.1. Avon

A Avon é uma das empresas americanas mais conhecidas na área de cosméticos e atende um público bem variado. Para se tornar um revendedor é preciso adquirir um kit e em seguida os produtos são repassados com cerca de 30% de desconto, sendo este o seu lucro.

2.2. Jequiti

A Jequiti é uma empresa nacional do Grupo Silvio Santos, focada em perfumaria e com lançamentos mensais, o valor de repasse para os revendedores são de 30% fora os catálogos promocionais e os brindes que garantem lucros de aproximadamente 100% sobre a venda.

2.3. Mary Kay

Mary Kay é uma empresa americana que tem ganho destaque no Brasil pela qualidade de seus produtos, principalmente maquiagem. Os lucros para quem se torna uma consultora da empresa variam de 25 a 40% conforme o valor do pedido passado.

2.4. Natura

Natura possui uma marca solidificada e de muitos anos à frente neste mercado tão amplo e a porcentagem de ganho para um revendedor, também é de 30% sobre o valor de catálogo 

3. Crie algum tipo de produto

Caso não queira revender produtos cosméticos, você pode começar a produzir algo e ganhar dinheiro em casa, como: velas, chinelos decorados, artesanatos, itens de decoração, dentre outros. Itens que são muito procurados em lojas como R$1,99, por exemplo.

Assim como em qualquer outro negócio, é preciso um investimento inicial, porém, o valor é inferior comparado a outros tipos de empreendimentos porque seus gastos serão apenas com equipamentos básicos para criar os utensílios.

Veja a seguir quais passos deverá seguir para começar a produzir em vender seus próprios produtos:

  • Defina um Modelo de negócio;
  • Crie uma tabela de preços;
  • Escolha o modelo de venda (online/offiline);
  • A forma como irá divulgar seu negócio.

4. Monte uma Loja virtual

A partir do momento em que você define o que irá vender, é o momento de pensar em como anunciar o seu produto/serviço. A forma mais fácil e que trás um retorno maior, é criar uma loja virtual e estar presente nas redes sociais onde você acredita que está o seu público.

Por exemplo, você decidiu vender xícaras personalizadas, ok? Então este é o momento de pensar em atingir o público-alvo para que eles tenham conhecimento do seu produto e demonstrem interesse em saber mais.

Para isso, depois de ter sua loja virtual, crie um perfil nas redes sociais e comece a publicar fotos sobre os seus trabalhos já realizados. Caso não tenha nada pronto, comece a divulgar modelos e anunciar que também está fazendo algo parecido.

O maior erro das pessoas é achar que um produto, após ser divulgado na loja virtual ou algumas vezes nas redes sociais, se venderá por si mesmo. Na verdade, não é assim que acontece. É preciso que seja feito um trabalho constante, pois, as pessoas só compram aquilo que conhecem.

Veja alguns sites onde você pode criar sua loja virtual:

5. Ofereça serviços de manutenção

Os serviços domiciliares é uma boa opção para quem tem experiência com: manutenção elétrica, limpeza e dedetizador. Existem até mesmo aplicativos que anunciam as vagas de quem está à procura de profissionais, permitindo que você consiga escolher àquele que se enquadre na sua disponibilidade. Dentre eles, podemos citar: GetNinja e Parafuzo.

6. Faça ou conserte roupas

Se você gosta de agulha e linha, talvez seja uma boa oportunidade de ganhar dinheiro extra. Basta investir em uma máquina para ajustar ou até mesmo fazer roupas. O valor de investimento não é alto, e você pode até comprar equipamentos usados, se estiverem em boas condições. Além disso, a demanda por roupas sob medida é mais comum que você pode imaginar, principalmente para festas, casamentos ou ocasiões especiais.

7. Passeie com cachorros

A maioria das pessoas reclamam pela falta de tempo para realizarem determinadas atividades, principalmente em casa. É por isso que algumas delas chegam a contratar pessoas para levarem seus animais de estimação para passear pelo parque ou algum lugar próximo. Esse tipo de serviço costuma ser ofertado seguido de uma indicação ou por alguém que já conheça você e sabe que gosta de animais.

8. Dê aulas de forma presencial ou online

Se você domina alguma matéria, é paciente e gosta de ensinar, então que tal começar a dar aulas? Isso mesmo, você pode começar a dar aulas de reforço escolar, idiomas ou ainda prepará-los para o vestibular de forma presencial ou online. Além disso, existem diversas plataformas que atuam desta maneira, veja algumas:

Esses são alguns exemplos de plataformas online, mas você também pode criar seu próprio curso online na Udemy, ou ainda criar um canal no youtube e ativar a monetização dos vídeos e ganhar dinheiro em casa.

9. Maquiagens para eventos ou tutoriais

O segmento de saúde e beleza é um dos que mais tem crescido no Brasil, as pessoas realmente estão mais preocupadas com a aparência. Tratando-se de maquiagens, o número de mulheres que procuram por esse tipo de serviço em ocasiões especiais não é pequeno, pelo contrário, está crescendo.

Por outro lado, quem não tem a habilidade de maquiar outras pessoas, também pode gravar tutoriais e publicar no Youtube, como é o caso de muitas blogueiras e blogueiros que recebem milhares de visualizações a cada vídeo e, consequentemente, mais monetização (dinheiro).

10. Faça mudanças

Volta e meia alguém está mudando de cidade ou estado, o que exige que elas também contratem o serviço de mudança. Caso você tenha uma caminhonete ou caminhão, pode prestar este tipo de serviço e cobrar de acordo com a distância.

11. Seja um Guia de turismo

Você se considera uma pessoa aventureira? Já conheceu vários lugares e tem curiosidade de conhecer muitos outros? Então, quem sabe você não se torna um guia de turismo?

As pessoas estão tendo consciência de que viajar não é algo tão complicado, por isso que as agências de viagens estão faturando muito ao anunciar pacotes acessíveis para diversos lugares, assim como a CVC.

Mas para que consigam aproveitar ao máximo cada momento dos passeios, elas precisam de um guia, que conte a história do local e proporcione uma boa experiência. Caso tenha interesse, é importante ser fluente em outro idioma, de preferência o inglês e conhecer bem os lugares em que irá atuar.

Para você entender um pouco mais o que um guia de turismo faz, em que lugares pode atuar, onde solicitar a licença e qual a remuneração, clique aqui para ler o artigo completo do blog Vida de turismo.

12. Crie obras de artes

Você tem algum talento para pintar, desenhas ou esculpir? Caso a resposta seja sim e tenha algum material pronto, pode aproveitar as plataformas digitais e divulgar seu trabalho. Essa é uma boa maneira de ganhar dinheiro em casa, fazendo o que realmente gosta.

13. Trabalhe com artesanato

O artesanato é um trabalho manual feito com matérias-primas naturais, o que é bem comum no Brasil e em determinados lugares do país, é um forte gerador de receita e além de serem obras lindas, contam por si só a história de cada região.

14. Assistente virtual

A maioria das empresas está investindo na terceirização de serviços, dentre eles estão o assistente virtual, que tem a função de organizar a demanda, atender telefonemas, agendar reuniões, dentre outras atividades.

O principal objetivo das instituições é reduzir custos, mas ainda assim você pode ganhar dinheiro extra, visto que o investimento em contratar um funcionário CLT não é a mesma que um contrato de outsourcing.

15. Organizador de festas

O mercado de decoradores e organizadores de eventos infantis, casamentos, aniversários e festas é imenso. Se você gosta dessa área e é criativo, então procure parceiros que tenham outros empreendimentos e faça parcerias. Por exemplo, alguém que faça doces, salgados, tenha os temas de decoração e consiga, de forma mais barata, o que é necessário para a organização.

16. Cuidador de crianças ou idosos

Os profissionais da área da saúde costumam trabalhar cerca de 12 horas por dia, para conseguir ter um salário razoável no final do mês. Mas uma porta que tem sido aberta para muitos, é ser cuidador tanto de crianças quanto de idosos, o que geralmente exige experiência e a remuneração é bem atrativa.

17. Consultoria virtual

O serviço de consultoria é uma função que tem sido exercida por vários profissionais, inclusive, por aqueles que, por algum motivo, acabaram perdendo o emprego e por terem conhecimento e experiência, decidem atuar neste segmento. Você pode escolher prestar o serviço de consultoria de forma contratual ou ainda fazer disso a sua profissão, tornando-se um micro-empreendedor individual.

18. Programador técnico

Um programador pode trabalhar tranquilamente de forma autônoma, pois, as empresas que investem em tecnologia ou novos sistemas, tendem a contrata estes tipos de serviços para ajustarem sites, softwares e aplicativos sem precisar sair de casa. Além, é claro, de remunerar muito bem os profissionais que atuam na área.

19. Design Gráfico

Assim como um programador, o designer também pode trabalhar em casa, já que o serviço depende apenas de softwares, como o pacote ADOBE. As funções podem variar desde a criação de vídeos, projetos de comunicação visual, logotipos e materiais para serem divulgados em redes sociais, sites e outras plataformas de divulgação.

20. Youtuber

Para quem pensa que ser youtuber é coisa para adolescente, está muito engado. As empresas que estão alcançando sucesso no mercado, estão criando conteúdos e publicando no seu próprio canal com o objetivo de alcançar seu público-alvo que também está lá.

Isso significa que a plataforma possui uma extensa diversidade de conteúdos focados em públicos diferentes, o que possibilita que você, de acordo com sua área de especialização e conhecimento, possa criar conteúdos voltados para as pessoas que também tenham interesse em saber e aprender.

21. Freelancer

Um profissional freelancer também é autônomo e pode atuar tanto no emprego fixo quanto em plataformas digitais, como a 99 freela e Workana. Independente do seu segmento, atuar como freelancer é uma boa maneira de ganhar renda extra, visto que as empresas também estão investindo neste tipo de contratação.

22. Trabalhe como afiliado

Assim como quando citamos a oportunidade de se tornar um revendedor de um determinado produto, tornar-se um afiliado também exigirá essa ação de você, só que de uma forma muito mais lucrativa e sem a necessidade de sair de casa.

Ao se tornar um afiliado, você passa a promover os produtos de outras pessoas e recebe comissões de acordo com o número de vendas realizadas. Uma das plataformas em que pode atuar dessa maneira é na Hotmart, o cadastro é feito gratuitamente e você pode escolher milhares de produtos e nichos.

23. Trabalhe como redator

Se você gosta de escrever e tem domínio sobre a língua portuguesa, pode ganhar dinheiro em casa criando conteúdos para outras empresas de forma direta, ou ainda por meio de plataforma de freelancers, como a Rock Content.

Os conteúdos podem ser escolhidos de acordo com os seus conhecimentos e os ganhos podem variar baseado no número de palavras ou demanda oferecida pela empresa contratante. Além disso, caso tenha conhecimento em outros idiomas, pode atuar como tradutor de conteúdo.

24. Trabalhe com seu carro

As plataformas de transportes têm ganhado força em vários lugares do mundo, assim como a Uber e a 99 pop, empresas que unem motoristas e usuários através de um aplicativo para celulares.

Para ser um motorista, basta realizar um cadastro na plataforma e então aguardar a aprovação da empresa para que dê início ao serviço e vale evidenciar que essa tem sido uma das principais fontes de renda extra atualmente.

25. Crie um infoproduto

Caso não queira vender nenhum produto na internet, você pode criar um infoproduto, que nada mais é que a produção de informações digitais relacionadas a música, aulas ou qualquer outro assunto que seja do seu interesse e seja comercializado de forma online.

E se ainda assim, você não quiser se expor, pode optar pela criação de matérias, como um e-book e distribuir de forma promocional. Um infoproduto não precisa ser um curso em vídeo, mas outros matérias que sejam educativos.

26. Alugue Sua Casa no AirBnB

Você tem uma casa ou apartamento em algum lugar e está desocupada já faz algum tempo? Coloque para alugar na AirBnB e ganhe um dinheiro extra. É simples, fácil e principalmente, em um curto prazo de tempo.

Assim como na plataforma do Uber, por exemplo, no AirBnB o anfitrião é avaliado por nota, o que influencia diretamente no aluguel do estabelecimento, contudo, com uma boa oferta e atendimento aos interessados, sua avaliação pode aumentar recorrentemente.

27. Venda Fotos Online

A carreira de fotógrafo tem ganhado mais força nos últimos tempos e uma forma de ganhar dinheiro em casa através dessa profissão, é vendendo as imagens em plataformas online, como o Shutterstock e iStockPhoto.

O bom é que não existe uma regra para determinado tipo de fotos, você pode vender suas fotografias sejam elas quais forem, de lugares, pessoas, objetos e entre outros. No momento em que alguém realizar a compra, você é notificado e poderá retirar o seu dinheiro.

28. Franquia em modelo Home Office (em casa)

De acordo com a ABF, o mercado de franquias cresceu cerca de 7,5% somente no primeiro trimestre de 2019. É por isso que a maioria dos interessados em ter independência financeira, tem investido neste modelo de negócio.

A Taugor disponibiliza um modelo de franquia home office, que não exige nada mais que os equipamentos básicos para realizadas as atividades. Além do custo baixo, também abrange todos os segmentos do mercado, dando a possibilidade de os franqueados obterem grandes resultados.

Agora que já vimos diversas opções para você investir no seu próprio negócio ainda neste ano, queremos indicar uma leitura complementar, o nosso conteúdo sobre investimento inicial.

Posts relacionados

Deixe um comentário