Certificado Digital, o que é, como obter e quem pode emitir? Aprenda tudo.

5 minutos para ler

O Certificado Digital é um meio pelo qual os consumidores e empresas podem utilizar os aplicativos de segurança pela tecnologia que permite o comércio eletrônico seguro e a comunicação baseada na Internet.

Um Certificado Digital é uma “senha” eletrônica que permite a uma empresa organizar a troca de dados com segurança pela Internet usando a infraestrutura de chave pública. O certificado digital também é conhecido como certificado de chave pública ou certificado de identidade.

Saiba como obter seu Certificado Digital lendo a matéria até o fim, boa leitura.

Por que a segurança é necessária para o Certificado Digital?

A quantidade de pessoas e empresas online só aumenta á medida que o acesso se torna mais ágil e barato. Com isso a população tem gasto ainda mais tempo conectado a internet, tanto para comunicação pessoal quanto para transações comerciais, o que torna necessário o sigilo de informações na web.

A internet é uma rede de comunicação livre que na sua originalidade não foi pensada com a segurança como algo necessário. Os criminosos da web descobriram que era possível explorar sites vulneráveis e através disso obter ganhos fraudulentos. Para que a internet pudesse ter sucesso como ferramenta de comunicação e transação, ela precisaria de uma segurança a prova de hackers, a partir dai que se iniciou os investimentos em criptografias de ponta.

O que é Criptografia?

A criptografia é uma maneira de codificar dados para que apenas as partes autorizadas possam entender as informações. Em termos técnicos, é o processo de conversão de texto simples em texto cifrado. Ou seja, a criptografia pega dados legíveis e os altera para que pareçam aleatórios.

A criptografia requer o uso de uma chave de criptografia, um conjunto de valores matemáticos que o remetente e o destinatário de uma mensagem criptografada conhecem, assim que a segurança do Certificado Digital é feita.

O que a segurança do Certificado Digital fornece?

Identificação / Autenticação:

Esse tópico trata sobre a legitimidade no processo, pessoas e entidades com quem estamos nos comunicando são realmente quem elas dizem ser.

Confidencialidade:

Os dados contidos na transação são mantidos em sigilo, os únicos que podem ler e compreender são o destinatário e o remetente em questão.

Integridade:

As informações na mensagem não são adulteradas acidentalmente ou deliberadamente enquanto são enviadas, sem que todas as partes envolvidas tenham conhecimento da modificação.

Controle de acessos:

O acesso às informações protegidas é realizado apenas pela pessoa ou entidade pretendida. Todas as propriedades de segurança acima podem ser alcançadas e implementadas através do uso da Infraestrutura de Chave Pública (em particular Certificados Digitais).

Quem pode emitir um Certificado Digital?

Somente uma autoridade certificadora pode emitir um certificado, contando com o apoio do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação através da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileiras.

Qual a diferença entre a Assinatura Digital e Certificado Digital?

A assinatura digital utiliza a criptografia para vincular um certificado digital a um documento eletrônico que está sendo assinado. Dessa forma, existem garantias de que a integridade e a autenticidade do documento não serão violadas.

Já o certificado digital é apenas uma chave que contém diversas informações de identificação, bem como: nome, e-mail, validade do certificado, e entre outros.

Tipos de Certificados Digitais

Existem três tipos diferentes de certificados digitais usados ​​por servidores e navegadores da Web para autenticação na Internet. Esses certificados digitais são usados ​​para vincular um servidor da web de um domínio à pessoa ou organização que possui o domínio.

Siga os seguintes passos para emitir o seu certificado digital ICP-Brasil:

Processo para obter o Certificado Digital

Siga o passo a passo abaixo para emitir o seu certificado digital ICP-Brasil:

1 – Faça uma busca e escolha a Autoridade na Certificadora (AC) mais próxima;

2 – No site da AC escolhida solicite a emissão do seu certificado digital de pessoa física ou jurídica. Os tipos mais comuns comercializados são:

A1: validade de um ano – armazenado no computador;
A3: validade de até cinco anos – armazenado em cartão ou token criptográfico.

A própria Autoridade Certificadora informará quais os custos do certificado, as formas de pagamento, as ferramentas necessárias e a documentação obrigatória para emissão.

3 – Agende o dia e horário de comparecimento na Autoridade de Registro – AR:

Para a emissão do certificado digital é preciso que o solicitante vá pessoalmente a uma Autoridade de Registro da Autoridade Certificadora escolhida para validar os dados preenchidos na solicitação. Além de levar os documentos obrigatórios, o solicitante passará pelo processo de cadastramento biométrico, com a coleta da biografia facial (foto) e das digitais.

Esse processo é chamado de validação presencial e será agendado diretamente com a AR que vai instruir o solicitante sobre como decorrer durante todo o processo.

4 – Após a validação de todos os documentos e confirmação da identidade do solicitante na AR, o certificado já estará disponível:

No caso do certificado A1: A AC notificará o cliente sobre os procedimentos para baixar o certificado;

No caso do certificado A3: O certificado é entregue em cartão ou token na própria AR.
Caso você tenha alguma dúvida ou dificuldade após a aquisição do certificado, entre em contato com sua Autoridade Certificadora – AC. Ela deve prestar todo suporte técnico para o correto uso e instalação do certificado digital.

Quer saber como você pode ganhar dinheiro com o Certificado Digital? Fale com um de nossos especialistas e comece um negócio de sucesso.

Certificado Digital, o que é, como obter e quem pode emitir? Aprenda tudo.
Posts relacionados

Deixe um comentário