22 dicas para aumentar a produtividade de suas vendas

10 minutos para ler

Para uma empresa permanecer no azul é preciso que os produtos ou serviços, sejam vendidos de acordo com o planejamento da equipe comercial. Contudo, sabemos que essa tarefa não é tão simples. Pois, é necessário utilizar técnicas de vendas, e dominar o que está sendo oferecido para os clientes.

Mas existe um problema! Ainda que as empresas tenham conhecimento disso e possuam excelentes vendedores, nem sempre o resultado final é o esperado. Por isso que hoje, nós viemos trazer 22 pontos cruciais para você aplicar no seu negócio e potencializar o número de vendas. 

Quer aumentar seu faturamento mensal? Então confira o artigo completo!

1. Descubra o que atrapalha seu foco

Se está pensando em adotar novas práticas e ferramentas, é necessário entender onde realmente está o desvio de foco da sua equipe. Analisando as tarefas estabelecidas no cotidiano, você identifica o que tira a atenção ou exige mais tempo de trabalho que o necessário.

Leve em consideração tudo que envolve a qualidade no serviço, pode ser que a falta de foco, seja por motivos quase insignificantes, como uma sala limpa e organizada, internet e equipamentos de ponta, entre outras situações que devem ser ajustadas para o resultado esperado.

2. Organize as rotinas e otimize os processos

Organização é imprescindível para alcançar mais produtividade, é preciso criar padrões de processos internos, fazer avaliações, eliminar improvisos, falhas, desperdícios, atrasos e outras demandas que não vão agregar valor. Com rotinas padronizadas e estruturadas, consequentemente você terá mais agilidade e eficiência nas tarefas diárias.

3. Defina metas individuais e coletivas

Definir metas individuais e coletivas, é uma prática comum para aumentar a produtividade. Para engajar e comprometer realmente a equipe, é preciso que todos os funcionários conheçam a estratégia da empresa, seus aspectos e posicionamentos perante os concorrentes, investimentos em outras áreas e no desenvolvimento de produtos novos, visando superar as expectativas futuras.

Essa estratégia, deve conter os objetivos da empresa, traduzidos em metas, de maneira que envolva toda cadeia de funcionários, incentivando os mesmos a participar e colaborar para os resultados.

4. Forneça recursos e soluções

Recursos e soluções sempre influenciam no desempenho das equipes, com isso é importante que seja oferecido condições que permitam a melhoria na produtividade, englobando equipamentos e ferramentas de ponta para o trabalho, além de um cronograma extremamente planejado.

A tecnologia pode ser uma grande aliada no aumento da produtividade. Automatizar tarefas, potencializar funcionários e promover a qualidade no serviço, são diferenciais tecnológicos. Softwares de gestão, e outros aplicativos de gerenciamento, também são fundamentais para esse processo.

5. Invista em comunicação interna

O diálogo entre os envolvidos é determinante na busca pela produtividade, investir em sistemas inteligentes, que são capazes de atingir todos os funcionários, é um diferencial.

Com isso, os canais mais eficientes são newsletters, e-mails, reuniões de gerenciamento, entre outras formas de manter a equipe engajada e atualizada sobre o que está acontecendo na empresa. A linguagem usada também precisa ser muito bem pensada e compreendida com clareza por todos.

6. Conheça a equipe

O baixo rendimento de alguns funcionários pode ter diversas causas, desde problemas pessoais, questões de saúde, até a desmotivação por falta de perspectivas futuras, entre outros motivos.

Portanto, é fundamental que o gestor conheça bem sua equipe, tenha capacidade de apoiar, ajudar e orientar sobre o futuro profissional dos funcionários, pois uma gestão humanizada gera grandes resultados.

7. Planeje treinamentos com foco no perfil individual

Capacitar os profissionais, deve estar entre as prioridades de todas empresas. Já que a meta é vender, necessitam-se vendedores a altura do cargo, que sejam competentes e atualizados.

Para isso, um treinamento de qualidade coletivo deve ser bem planejado, pensando em suprir a todos, mas identificar pontos individuais de melhoria é um fator determinante.

8. Delegue e proponha desafios

Delegar tarefas é um processo necessário durante o desenvolvimento da empresa, sempre baseado na experiência e nos méritos que a pessoa tem para assumir tal cargo. Cabe ao superior propor novos objetivos e dar o suporte necessário ao encarregado, para fazê-lo exercer e aprender os processos de crescimento da empresa.

9. Cuide do ambiente de trabalho

Um bom ambiente de trabalho, é construído a partir de quem compõem o mesmo, levando em consideração alguns aspectos, como valorização e reconhecimento, é importante manter uma boa convivência.

É claro que, uma remuneração financeira estimula e aumenta as chances de resultados positivos. O líder também deve ser imparcial e correto, propondo oportunidades e desenvolvimentos a partir da colaboração da equipe.

10. Realize reuniões gerenciais

Reuniões gerenciais nada mais são que encontros com a equipe, para mantê-los integrados e informados, por esse fato elas são ferramentas de extrema importância no processo de comunicação e liderança.

Para melhores resultados, essas reuniões devem ser programadas com agenda e horários definidos antecipadamente, evitando o atraso ou perda de tempo.

11. Forneça feedback 

Avaliar as atividades e fornecer o feedback ao funcionário, torna essa relação mais humana e cria uma confiança entre ambas as partes. Conversas francas e esclarecedoras devem fazer parte do cotidiano de um gestor.

O feedback é a oportunidade de elogiar desempenho, reconhecer o talento, mas também é o momento de corrigir ações e indicar quais pontos devem receber mais atenção.

12. Elimine as distrações

Distração é um dos fatores de risco da produtividade, criar normas de conduta, limitar permissões de acessos, como aplicativos e redes sociais, são métodos que podem ajudar a diminuir a distração da equipe.

Outros fatores como o barulho e a conversa no ambiente de trabalho, atrapalham muito o rendimento. Por isso, evite assuntos irrelevantes, risadas inoportunas e faça com que a equipe foque no seu objetivo.

13. Aposte em ações motivacionais e sistemas de recompensas

Promover ações que motivam e recompensam os funcionários tende a melhorar a produtividade. Apostar em prêmios para metas alcançadas, premiações em equipe e bônus em geral, são alternativas para estimular a participação de todos.

14. Aperfeiçoe o potencial de liderança

O tratamento e o estilo de liderança do gestor, influencia diretamente no aumento de produtividade dos funcionários, é importante aperfeiçoar as habilidades de gestão, como o poder de negociação e persuasão, ser capaz de escutar e equilibrar as emoções são um diferencial de um líder.

15. Monitore o clima organizacional

Para aderir as práticas assertivas, é necessário avaliações e pesquisas sobre o clima organizacional. O monitoramento é útil, pois baseado nas respostas dele, fica mais fácil constatar falhas e corrigir os processos que estão mal organizados.

16. Tenha um bom CRM

Ferramentas que auxiliam nas vendas costumam ser muito utilizadas, o CRM é a principal, não adianta desenvolver uma grande estratégia, se os sistemas ainda são lentos ou não tem versões para celular, sendo que o objetivo é aumentar as vendas.

Utilizar ferramentas simples, intuitivas e acessíveis para o vendedor, é fundamental para que, onde quer que esteja, ele consiga acesso aos arquivos. Busque ferramentas que facilitam a vida do funcionário, em consequência aumente a produtividade dele.

17. Utilize os times de suporte

Uma empresa é composta por profissionais, encarregados para desempenhar determinada função, sendo assim, não há necessidade de “abraçar” o mundo.

Querer agilizar os processos e resolver todas as demandas para um retorno mais rápido ao cliente, trará prejuízos futuros. Em muitos casos, isso gera conflitos internos e faz com que o profissional não se sinta útil, já que estão fazendo o serviço dele.

Demandar as atividades a seus especialistas, permite não apenas uma qualidade maior na entrega, mas também uma grande eficiência. Um planejamento estratégico para manter o foco apenas nas suas atividades é o que mantém a alta produção de um funcionário, deixando ele a vontade para focar nos seus objetivos.

18. Tenha um discurso matador e objetivo

As evoluções para o setor comercial são constantes, a mudança no discurso e na abordagem ao cliente também. Os clientes não estão mais buscando aquele velho discurso, longo e cheio de palavras difíceis, pois o tempo é curto e os prazos são apertados, não permita-se desperdiçar tempo.  

Mas não confunda objetividade, com rapidez, use o tempo que for necessário para explicação, mas vá direto ao ponto principal.

19. Aperfeiçoe a qualidade dos leads

O fato de lidar com leads que são pouco qualificados, é um grande desperdício para a equipe de vendas. Eles vão perder tempo com ações que poderiam estar sendo aplicadas em potenciais clientes. A empresa precisa de resultados, e a pressão para obtê-los, faz com que a equipe de marketing baixe o nível de segmentação, o que leva a uma estratégia pouco efetiva.

20. Avalie constantemente os processos de vendas

Um dos principais pilares para o aumento da produtividade nas vendas, é a revisão de processos, não tire o olho de nenhuma etapa, perceba todas as fases que um potencial cliente passa até o fechamento de contrato.

Uma estratégia bem traçada, é capaz de acelerar os resultados, através de medidas simples, como um especialista em qualificação de leads.

21. Automatize o que for possível

Voltando a falar de tecnologia, é o momento de eliminar operações braçais onde for possível, e são inúmeras as ferramentas de auxílio. O aumento da produtividade vai depender se elas foram bem interpretadas, e aplicadas de forma assertiva pela equipe.

22. Utilize excelentes conteúdos

O funil de vendas está perto do seu estágio final, onde o potencial cliente precisa de mais informações e conteúdos de qualidade, pois ele também está se informando e buscando mais conhecimento.

Portanto, mais do que nunca você vai precisar de materiais completos, explicações detalhadas, e uma mentoria sobre aquilo que está sendo vendido.

Nesse momento a equipe de marketing deve fornecer tudo para o time de vendas, artigos, apresentações, videoaulas, cases, entre outros conteúdos que vão estar na mão do vendedor no momento necessário.

O aumento de produtividade não depende apenas da ponta final, da relação vendedor e cliente, produzir mais, é responsabilidade de todos setores. Se tudo estiver alinhado, não tem como o resultado ser negativo. Ou seja, revise processos, analise tudo constantemente e busque o aperfeiçoamento diário.

O Ciclo PDCA, é uma ótima ferramenta para revisar e otimizar processos, ele se resume em planejar, fazer, verificar e agir, nas etapas que se aplicam a todos os tipos de processos dentro de uma empresa. Saiba mais clicando no link abaixo.

Ciclo PDCA: indispensável para a gestão de qualidade do seu projeto.

Posts relacionados

Deixe um comentário